sábado, 20 de dezembro de 2014

Regresso ao Passado



Um dos sinais da "ditadura" imposta pela Disney/Pixar (que tiveram o mérito de descobrir uma receita de qualidade, da qual entretanto abusaram ad nauseam) é os miúdos de hoje acharem que ir ao cinema é ver desenhos animados numa televisão gigante. Com pipocas na mão. 
Achei sintomático (e muito engraçado), quando levei os putos a ver o Charlot na semana passada, o ar radiante do Rodrigo quando lhe respondi que naquele cinema não havia pipocas. "YES !!!", gritou o petiz. Até a ele já fartam. Outra hipótese é a de o espertalhote ter dito aquilo que sabia que eu ia gostar de ouvir.
Mas há pior. 
Como todos os filmes que saem anualmente dos estúdios de animação são posteriormente dobrados por actores (ou não actores) portugueses, a miudagem nem sequer tem a hipótese de ir aprendendo uma língua nova.
Eu, com 8 anos, já tinha visto vários filmes e sabia quem era o Indiana Jones. Percebia a mentira que era ser actor e a fantasia. Que eram gente e falavam uma língua diferente. E que se queria perceber o que ali se passava, tinha de saber ler, e rápido !, para apanhar as legendas seguintes.
Ver outras famílias na tela fazia-me compreender melhor a minha. E saber que os heróis eram de carne e osso dava-me a ilusão de querer ser como eles. Também  sofria se as coisas começavam a dar para o torto.
Mas como ambicionar ser um cartoon ? Impossível. 
Há espaço para tudo e eu próprio adoro BD, mas aquilo a que assistimos hoje é que - quando o nível é "under 10" - o chamado cinema de animação seca o mundo todo à volta.
Já não estreiam os universos humanos. É tudo obra do computador. E agora, nem no Natal passam os que repetiam e repetiam todos os anos na televisão, porque - mais uma vez - é só bonecada.
E então a salvação é combater o crime.
"Pai, estou ansiosa por ver o Regresso ao Futuro - II !"

Depois de E.T., Charlot e do Marty McFly, eis algumas das nossas próximas sessões privadas:
1. A História Interminável
2. Os Goonies
3. Ghostbusters
4. Guerra das Estrelas
5. Gremlins
6. Sozinho em Casa
7. O Feiticeiro de Oz *
8. Música no Coração *
9. Hook
10. Mary Poppins *
 
* Há que ver que tenho duas filhas em casa e, apesar de tudo, estes sempre são clássicos.

1 comentário:

  1. Sozinho em Casa é garantido na TV, já este Natal. Começa por aí. Abraço

    PS: história rápida, um dia os meus pais levaram-me ao cinema, eu tinha 9 ou 10 anos, único filme para maiores de 6 era "O Navio" de Fellini e fomos ver esse. Não imaginas a seca que apanhei...

    ResponderEliminar

Are You talkin' to Me ?